17. jul, 2015

Rosas sem vida

"Rosas jogadas ao chão,

Morrendo, pisadas por todos

Sozinhas na dor e no ódio,

Perdidas sem nenhuma direção."